Categorias de Risco

Esta ferramenta calcula a categoria de risco de um determinado espaço. Em primeiro lugar o utilizador terá que escolher a utilização-tipo em que o espaço se insere:


  • UT I – Habitação: é pedida a altura da UT e o número máximo de pisos abaixo do piso de referência. De seguida ao clicar em “continuar” o sistema identifica a categoria de risco.

  • UT II – Estacionamento: É perguntado se o estacionamento referido é ao ar livre. Se a resposta for positiva o resultado é sempre 1ª categoria de risco. Se a resposta for negativa, o utilizador deverá inserir a altura da UT, a área bruta do espaço e o número de pisos abaixo do piso de referência. De seguida, ao clicar em “continuar”, o sistema identifica a categoria de risco.

  • UT III – Administrativos: É pedida a altura da UT e o efectivo da UT (caso não disponha deste valor pode clicar em “Calcular Efectivo” e ir directamente para a ferramenta de cálculo do efectivo). Ao clicar em “continuar” o sistema identifica a categoria de risco.

  • UT IV – Escolares: É pedida a altura da UT e o efectivo da UT (caso não disponha deste valor pode clicar em “ Calcular Efectivo” e ir directamente para a ferramenta de cálculo do efectivo). É pedido também o efectivo em locais de risco D e E da UT (valor este que pode também ser obtido a partir da ferramenta de cálculo do efectivo). Este valor terá que ser sempre inferior ou igual ao valor do efectivo da UT. Ao clicar em “continuar” o sistema identifica a categoria de risco.

  • UT V – Hospitalares / Lares de Idosos: É pedida a altura da UT e o efectivo da UT (caso não disponha deste valor pode clicar em “ Calcular Efectivo” e ir directamente para a ferramenta de cálculo do efectivo). É pedido também o efectivo em locais de risco D e E da UT (valor este que pode também ser obtido a partir da ferramenta de cálculo do efectivo). Este valor terá que ser sempre inferior ou igual ao valor do efectivo da UT. Ao clicar em “continuar” o sistema identifica a categoria de risco.

  • UT VI  – Espectáculos e reuniões públicas e UT IX – Desportivos e de Lazer: É perguntado se o espaço em questão é ao ar livre. Se a resposta for positiva, o utilizador terá que inserir o valor do efectivo (caso não disponha deste valor pode clicar em “Calcular Efectivo” e ir directamente para a ferramenta de cálculo do efectivo) e de seguida clicar em “continuar” para obter a categoria de risco. Se a resposta for negativa o utilizador terá que inserir o efectivo da UT, a altura da UT e o número máximo de pisos abaixo do nível de referência. Ao clicar em “continuar” o sistema identifica a categoria de risco.

  • UT VII – Hoteleiro / Restauração e Bebidas: É pedida a altura da UT e o efectivo da UT (caso não disponha deste valor pode clicar em “Calcular Efectivo” e ir directamente para a ferramenta de cálculo do efectivo). É pedido também o efectivo em locais de risco D e E da UT (valor este que pode também ser obtido a partir da ferramenta de cálculo do efectivo). Este valor terá que ser sempre inferior ou igual ao valor do efectivo da UT. Por último, é pedido o número de saídas directas ao exterior em locais de risco D e E no nível de referência. Ao clicar em “continuar” o sistema identifica a categoria de risco.

  • UT VIII – Comercial / Gare de Transporte: É pedida a altura da UT, o número máximo de pisos abaixo do número de referência e o efectivo da UT (caso não disponha deste valor pode clicar em “Calcular Efectivo” e ir directamente para a ferramenta de cálculo do efectivo). Ao clicar em “continuar” o sistema identifica a categoria de risco.

  • UT X – Museus e Galerias de Arte: É pedida a altura da UT e o efectivo da UT (caso não disponha deste valor pode clicar em “Calcular Efectivo” e ir directamente para a ferramenta de cálculo do efectivo). Ao clicar em “continuar” o sistema identifica a categoria de risco.

  • UT XI – Bibliotecas e Arquivos: É pedida a altura da UT, o número máximo de pisos abaixo no nível de referência, o efectivo da UT (caso não disponha deste valor pode clicar em “ Calcular Efectivo” e ir directamente para a ferramenta de cálculo do efectivo) e a carga de incêndio (caso não disponha deste valor pode clicar em “Calcular Carga de Incêndio” e ir directamente para a ferramenta de cálculo da carga de incêndio). Ao clicar em “continuar” o sistema identifica a categoria de risco.

 

  • UT XII – Industrial / Oficina / Armazém: É perguntado se o espaço em questão é ao ar livre. Se a resposta for positiva, o utilizador deve indicar a densidade de carga de incêndio modificada máxima (caso não disponha deste valor pode clicar em “Calcular Carga de Incêndio” e ir directamente para a ferramenta de cálculo da carga de incêndio e calcular o valor da densidade de carga de incêndio). Ao clicar em “continuar” o sistema identifica a categoria de risco. Se a resposta for negativa o utilizador deve indicar o número máximo de pisos ocupados abaixo do plano de referência e a densidade de carga de incêndio modificada máxima (caso não disponha deste valor pode clicar em “Calcular Carga de Incêndio” e ir directamente para a ferramenta de cálculo da carga de incêndio). Ao clicar em “continuar” o sistema identifica a categoria de risco.




© 2020 SEGURANÇA ONLINE TODOS OS DIREITOS RESERVADOS