banner
Segurança em Hotéis


Nos locais públicos, os riscos não advêm apenas da concentração de pessoas. Ao contrário de emergências em locais que conhecemos bem, como as nossas casas ou os locais de trabalho, nos espaços públicos o desconhecimento do edifício pode constituir um perigo grave. A preocupação deve ser maior em hotéis, uma vez que são sítios onde nem sempre estamos acordados e preparados para agir em caso de emergência.


Cuidados Gerais em Hotéis

  • Se estiver num hotel, tenha o cuidado de se familiarizar com as saídas de emergência. Se encontrar nas saídas de emergência uma porta fechada ou bloqueada, informe o imediatamente responsável de segurança.
  • Conte o número de portas que tem de atravessar até chegar à saída de emergência. Em caso de incêndio, mesmo com muito fumo, saberá sempre onde se encontra.
  • Analise cuidadosamente a planta de segurança e certifique-se que conhece o caminho de pelo menos duas saídas de emergência.
  • Se tiver qualquer tipo de dificuldade motora, auditiva ou visual deve informar a receção.
  • Avalie se no quarto onde vai ficar hospedado é possível saltar pela janela sem sofrer lesões de maior.
  • Memorize a localização dos alarmes e materiais de combate contra incêndio.
  • Aprenda a ligar e desligar o ar condicionado. Em caso de incêndio este pode encher o seu quarto com fumos e gases tóxicos.
  • Deixes sempre as chaves/cartão do quarto perto da porta de saída para que sejam facilmente levadas numa situação de fuga.


Numa situação de emergência

  • Se detectar uma situação de emergência, ative o sinal de alarme.
  • Em caso de incêndio, sempre que atravessar uma porta nunca se esqueça de a fechar para evitar a propagação do fogo.
  • Utilize sempre as escadas.
  • Se ouvir o sinal de alarme e estiver num elevador, deve abandoná-lo no próximo piso.
  • Quando ouvir o sinal de alarme, deve sair imediatamente do quarto, utilizando a saída de emergência mais próxima.
  • Não se esqueça de sentir a temperatura das portas com a mão para evitar abrir portas que escondem fumo e chamas.
  • Não volte atrás para buscar bens materiais.
  • Desloque-se agachado para evitar inalar fumo e gases tóxicos. A inalação destes é a principal causa de morte em incêndios.
  • Quando abandonar o seu quarto, leve as chaves/cartão de entrada consigo. Se estiver cercado pelo fogo e precisar de se refugiar no seu quarto, vai precisar das chaves para abrir a porta.
  • Se ficar preso no seu quarto à espera de auxílio e necessitar de abrir uma janela, verifique primeiro que não há fumo a subir dos andares inferiores.
  • Só em último recurso deve partir os vidros das janelas. Estas podem ser uma forma de fumos e gases entrarem no seu quarto.
  • Se estiver refugiado no seu quarto, encha a banheira com água e coloque lá dentro toalhas e lençóis. Molhe a porta abundantemente e isole com toalhas molhadas a parte inferior da porta e as condutas de ventilação
  • Utilize um pano molhado para cobrir a boca e o nariz para se proteger da inalação de fumo e gases tóxicos.
  • Se as suas roupas estiverem a arder, deve parar, deitar-se e rolar no chão até que as chamas sejam extintas.
  • Nunca toque nas vítimas, a não ser que elas estejam numa situação de perigo iminente. Os primeiros socorros, quando mal prestados, podem causar lesões permanentes.



© 2017 SEGURANÇA ONLINE TODOS OS DIREITOS RESERVADOS